Com informações de TecnoNotícias

Ser jornalista é muito mais do que gostar de escrever. Desde o momento que o jovem entra na faculdade, ele já se torna um herói do futuro, está prestes a fazer sua contribuição para o mundo. Esse herói não é aquele que usa suas ambições para alimentar o próprio ego, e sim aquele que com o seu talento deseja consertar o que há de errado na sociedade. Ele não está lá, sentado na redação, nas ruas ou subindo morros para forçar a população e expô-las ao indesejável, ele está lá para mudar a vida delas e para ajudar a dar aquele empurrãozinho que precisam para se defenderem de seus inimigos. Nós não estamos ali para desencoraja-las em encarar o mundo, estamos juntos para lutar ao lado delas. Por mais que uma parte da humanidade atual possa estar contra nós, a força política e religiosa querendo nos pressionar, nós não nos afastamos. A imprensa não é uma força inimiga, nós não estamos aqui para invadir a vida das pessoas, e sim participar delas. Somos a ponte que leva a informação até os olhares e ouvidos das pessoas para assim facilitar, precavê-las, e até mesmo entretelas quebrando a monotonia daquele dia de trabalho que possa ser entediante ou mesmo fazer companhia na hora daquele almoço do dia-a-dia. Somente nas televisões, somos mais de 102 milhões de aparelhos espalhados por todo o Brasil e bilhões de profissionais por todo o mundo, e esse número não é à-toa, o consumo do jornalismo nunca matou ninguém, porém nomes como o de Tim Lopes já sofreram por mãos injustas.

O jornalista tem alma, são pessoas iguais aos espetadores que fazem a diferença e que ajudam a fazer um mundo melhor. Abrimos mão dos nossos finais de semana, acordamos de madrugada para estar 24 horas ligados em vocês. Arriscamos vidas, desejos, temos inúmeras noites sem dormir, e acabamos nos entregando 100% em tudo que fazemos. Somos aqueles que em meio as guerras e conflitos mundiais, sempre estamos lá marcando presença, no meio de tiros, arriscamos a vida pela informação em uma matéria que pode levar anos de pesquisa e apuração para chegarem até o público. Isso muitas vezes pode explicar como temos bons livros escritos por jornalistas atualmente, revelando bastidores interessantes de jornadas em busca de um único objetivo que são as respostas que o mundo precisa. Poucas pessoas são capazes de irem tão longe por uma coisa que seja em prol da humanidade, mostramos ao mundo o que muitos tentam esconder e usar contra as pessoas. São horas e horas por dia olhando para todos os cantos das cidades e acompanhando passo-a-passo do andar dos assuntos na internet, correndo pelas ruas, chegando de minuto a minuto o Twitter, e tentando mostrar diariamente um lado inédito de algo que você talvez já possa saber. Já dizia o slogan da BandNews FM: “Em 2 minutos tudo pode mudar”.

Veja Também:  Confira o filme Super TOP no Net Now
Foto: Pixabay

Os nossos laços com a sociedade são de tapas e caricias, apesar disso, nosso amor é reciproco. Ninguém que inicie sua vida entrando em uma faculdade que durará quatro anos, saí de lá sem se apaixonar pelo que faz. Durante séculos colecionamos vários troféus e nomes consagrados que nos faz ter orgulho e continuar firme em nossa missão. Não é uma tempestade ou alguns tijolos que vão nos parar, a nossa força conjunta com a sociedade é maior que tudo que possa nos desafiar. Estamos prontos para compartilhar o nosso mundo com vocês e apresentar aquilo que não é visto por todos, aqueles 5% que a humanidade desconhece ou finge que não existe. Não existe um fato, uma realidade ou uma história que não mereça ser ouvida, basta termos força para leva-la ao mundo. E você, já olhou como estão as notícias hoje? Nós sim.

Compartilhe