Após um ano à frente da bateria da escola de samba Pérola Negra, a rainha Ana Paula Ferrari se despede do seu cargo para cumprir sua agenda de presenças VIPs e shows. Afinal, ela é cantora e dançarina. Nas redes sociais, ela comunicou sua saída, agradeceu o carinho da comunidade e não descartou a possibilidade de desfilar no carnaval de São Paulo.

“Não existem palavras para expressar os momentos únicos, mágicos e tão especiais vividos na quadra da Pérola Negra. Os olhos enchem de lágrimas e a emoção toma conta nesse momento. Foi uma construção linda de união dia após dia, ensaios após ensaios, trabalho árduo recompensados a cada momento juntos, a cada barreira vencida”, contou.

Em um dos seus maiores desafios, Ana Paula Ferrari diz que carregar um pavilhão nas costas e comandar a festa à frente de uma bateria não é nada fácil. “Não medi esforços para representar da melhor forma a minha escola. Os pés sangraram, fiz muitas aulas, estive em todos os eventos e ensaios. Me entreguei de corpo e alma, honrei minha coroa. Não fui uma rainha ausente. Tudo foi muito intenso”, garante.

Veja Também:  Panicat Aline Mineiro ganha flores em aniversário de namoro

Sem conseguir conciliar a sua agenda profissional, a beldade decidiu se afastar do carnaval e colocar seu cargo à disposição da diretoria. “Não quero ser uma rainha mais ou menos. Uma rainha que só aparece no dia do desfile. Estar à frente da bateria é muito mais do que isso”, dispara. “Uma rainha deve estar na sua agremiação por inteira, com todo amor, respeito e dedicação. Desejo à próxima rainha que seja feliz tanto quanto fui”, encerrou.