‘Somos pais e identificamos depois do nascimento da nossa primeira filha a necessidade de uma marca de moda infantil comprometida com a reutilização das roupas, após o fim do uso pelo primeiro cliente’, explicam os criadores da marca infantil, Lidiane e Leandro. Com a ideia, criaram a Apoo Kids, moda infantil sustentável que chegou ao mercado com um grande diferencial.

Quando decidiram criar a Apoo Kids estavam buscando ir muito além de uma simples marca de moda infantil com lindas estampas exclusivas e modelos diferenciados. Até porque de marca infantil o mercado está cheio. Então, eles criaram uma marca consciente e com responsabilidade social, que fosse guiada por um propósito maior, algo que fizesse a diferença no futuro das nossas crianças, que tivesse comprometimento com o meio ambiente e preocupação com o planeta que vivemos.

“Nós usamos processos digitais para fazer o encaixe das nossas peças, afim de evitar ao máximo o desperdício de tecido no processo de corte das roupas. Mas ainda assim, existem resíduos inevitáveis que são gerados e quando percebemos que não eram poucos, logo decidimos que precisavam de um destino melhor, que não fosse o lixo”, contam.

Eles têm todo o cuidado e podemos falar, trabalho, para separarem todas aquelas sacolas de retalhos e iniciam um trabalho incansável na busca de parceiros que possam ajudar a dar significado para tudo aquilo. E descobriram o segredo: reciclar, pois enquanto retalhos, não serviam de nada, mas eles podiam e deveriam dar origem a algo novo.

“Foi quando encontramos uma parceira que fazia bonecas a partir de retalhos de tecidos. Perfeito! A partir dali os maiores resíduos na nossa produção não seriam lixo como é na grande maioria das empresas de moda”, relembra Leandro.

Veja Também:  Modelo Katiely Kathissumi arrasa em fotos na Terra do Tio Sam

Eles fornecem a matéria prima principal, pagam pelo trabalho lindíssimo da artesã e enviam as bonecas em todas as compras acima de R$300. Com isso, além de incentivar as crianças a valorizarem o trabalho artesanal, incentivam esse tipo de empreendedorismo tão pouco valorizado no país. Incrível!

“Na Apoo, nosso propósito é sempre criar ciclos virtuosos, onde até as sobras dos produtos se tornam novos produtos. Ter um modelo de negócio linear, onde criam um produto e descartam tudo que sobra dele, sem nenhuma responsabilidade social, nunca foi uma ideia aqui”, destaca Lidiane.

O casal decidiu optar por esse estilo de economia circular, onde não há “fim da vida do produto”. Cortam os tecidos, criam as roupas lindas e com as sobras, fazem as bonecas de pano para acompanharem as crianças em suas aventuras. O conceito de fim é substituído pelo conceito de restauração, gerando com isso um impacto muito menor no planeta e economizando nossos preciosos recursos não renováveis.

A Apoo Kids acredita que melhorando nossos hábitos podemos transformar o futuro e viver em harmonia com a natureza, e mais, mudar o mundo das pessoas, e com isso, mudar um pouco o mundo.

Viva a sustentabilidade e a cada um que contribui para um planeta melhor!

Veja as fotos e conheça o trabalho:

1 – Carine Pequeno e a boneca usam Blusa Liliac e Short Lírio

Carine Pequeno. Foto: Divulgação

2 – Yasmin Giardino e a boneca usam Macacão Jatobá

Yasmin Giardino. Foto: Divulgação

3 – Beatriz Souza e a boneca usam Vestido Tritoma

Beatriz Souza. Foto: Divulgação

4 – Paola Cersosimo e a boneca usam Vestido Tulipa

Paola Cersosimo. Foto: Divulgação
Compartilhe