A Musa do Brasileirão Débora Santos foi assaltada na semana passada em São Paulo, e pra não perder o rebolado a gata tirou a roupa durante um ensaio fotográfico e revelou estar superando o acontecido. Após o crime, ela voltou para a cidade em que vive, no Paraná, revelou ter passado dois dias dentro do próprio quarto, trancada, assustada e ainda com medo pelo trauma que sofreu.

“Quando voltei para casa não quis mais sair de dentro do meu quarto, durante dois dias me tornei prisioneira de mim mesma. Nossa cabeça é muito louca, não? Ela cria os monstros e nós nos deixamos levar. Passado esses dias, eu me olhei no espelho e lembrei o quanto preciso trabalhar pra sobreviver, sim, brasileiro não vive, sobrevive”, revelou Débora.

Depois de um ‘bate papo’ com o espelho, a modelo decidiu fazer um ensaio bem sensual para levantar o ego e não ser tomada pelo medo que já estava se desenvolvendo para um quadro de depressão.

Veja Também:  Comportada, Musa do México posa para campanha publicitária

“Eu nunca tive medo de nada. Perdi minha mãe muito cedo e logo tive que lutar pela minha vida, jamais deixei que o medo me dominasse, fosse ele de qualquer espécie. Meu inimigo mora dentro de mim, no meu imaginário, mas quem dá as ordens sou eu. Quando qualquer coisa me assusta ou me deixa triste, eu tiro a roupa e jogo o corpão para exibição, e logo recebo uma chuva de amor”, contou.