Capa da Sexy é impedida de realizar festa de lançamento: “Frustrada”

 

Monara Queiroga estrelou uma edição especial e histórica da revista Sexy, lançada durante a pandemia do Covid-19 e após o cancelamento da edição de abril e da unificação das edições de maio e junho, porém está sendo impedida de realizar a tradicional festa de lançamento devido à necessidade de distanciamento social.

 

A tradicional revista masculina resolveu unificar as edições de maio e junho, uma vez que o período de quarentena impactou diretamente tanto a produção dos ensaios quanto a logística de distribuição.

 

Monara realizou um ensaio em casa para marcar o recebimento da edição impressa e a publicação da revista e disse estrar muito abalada com a situação.

 

“Estou frustrada. Sempre tive o sonho de ser capa de uma revista masculina e agora, com o sonho realizado, não posso nem sequer comemorar o momento com as pessoas que amo. É muito triste”, disse a beldade durante o ensaio.

Veja Também:  'Band Mulher' recebe Cariúcha, Júlia Peixoto e Suzanna Freitas

 

A cidade de São Paulo, onde a modelo mora, está em processo de reabertura após o período de quarentena, entretanto aglomerações e eventos sociais seguem proibidos.

“Estou cumprindo todos as orientações de distanciamento social e os protocolos de higienização, conforme a orientação das autoridades, mas confesso que estou muito triste com o que estamos passando, mas tenho fé que logo tudo voltará ao normal.”

 

A revista promete que após a liberação de eventos pelas autoridades, as festas de lançamento das edições afetadas serão realizadas de forma retroativa.

Veja mais fotos:

Compartilhe