Foto: Ricardo Sakai

Dona de um bumbum de 112 cm, Nat Tanajura deu uma turbinada nos seios e trocou a prótese de silicone de 500 ml por uma de 755 ml. Recuperada, a representante do Mato Grosso do Sul no concurso Musa do Brasil 2018 posou com um body bem cavado e exibiu a comissão de frente. Exibicionista assumida, a gata revelou o motivo pelo qual turbinou a comissão de frente.

“A intenção é fazer tontear e deixar todo mundo sem saber pra onde olhar, se para o peito ou para o bumbum. Sou danada. Gosto de ser chamada de ‘gostosa’, de saber que estão me desejando”, revelou.

Com 25 anos, contrariando a exposição que faz do próprio corpo, Nat Tanajura se diz feminista e levanta a bandeira do direito da mulher ser o que ela quiser.

Veja Também:  Musa do carnaval Kelly Toledo investe em carreira de DJ de música eletrônica

“Não vejo problema em exibir o meu corpo e ao mesmo tempo ser uma mulher feminista. De uma certa forma é sim uma forma de levantar a bandeira, do meu jeito, mas é. Eu sou dona de mim, sou dona do meu corpo e faço dele o que eu quero. Já passou da hora da sociedade entender e respeitar o direito da mulher ser ou não ser”, disse.

Compartilhe