Biossegurança em salões de beleza. Saiba quais são as diferenças da desinfecção e esterilização, e a importância do assunto.

Todos nós nos preocupamos com os cabelos, unhas, depilação, dentre outras coisas para cuidar da beleza e do bem-estar. Mas esse pensamento de cuidado deve ir além, já que os profissionais de beleza estão totalmente inseridos no dia a dia da clientela.

Quando falamos em cuidado, estamos pensando em biossegurança. Mas muitas pessoas se perguntam, o que é biossegurança? É o conjunto de ações que são realizadas para a prevenção e minimização de riscos inerentes à saúde do ser humano.

Por isso, o cuidado com a limpeza dos materiais utilizados no salão de beleza é essencial para impedir contaminações e problemas com a saúde do profissional e dos clientes.

A esterilização e a desinfecção são processos básicos na rotina dos centros de beleza, já que a desinfecção elimina boa parte dos microrganismos presentes nos utensílios e o processo de esterilização é normalmente usado como um complemento para eliminar todas as formas de vida que ainda estão nos materiais. O assunto é muito importante pois caso não seja feito um dos dois processos citados acima, o cliente ou até mesmo o profissional pode contrair uma doença infecciosa ou uma dermatite de contato.

Veja Também:  Recorde! Lino é a maior abertura de uma animação nacional

A Biocide lançou em setembro o Donna, produto para desinfecção rápida. Ele tem 99,99% de eficácia para eliminação de fungos, bactérias e vírus, até mesmo para hepatites B e C e HIV. Outro ponto importante é que o produto age em 3 minutos e não precisa de enxágue. Além disso, os donos de salões de beleza podem deixar as clientes tranquilas quando o assunto é biossegurança, pois ao comprar 3 frascos de 480ml de biocide Barba ou Biocide Donna, ele ganha o selo ‘Garantia de biossegurança 2020 Biocide’. Com isso, todas as pessoas que frequentarem o local saberão que estão livres de qualquer contaminação. Detalhe, esse selo vale durante todo o ano de 2020.

Compartilhe