Star Wars: Os Últimos Jedi é, sem dúvida, um dos filmes mais comentados e aguardados do ano e cumpre seu papel, já que agrada o espectador, comove, envolve e traz um novo olhar para a franquia.

Enquanto O Despertar da Força traz algo mais nostálgico e ligado à trilogia original, Os Últimos Jedi chega com um tom mais “fresh” e renovado, que pode não agradar muito aos fãs antigos, mas que deve chamar a atenção de um público novo.

Trabalhando em cima dos novos personagens, o filme começa com Ray indo atrás de Luke Skywalker e a Primeira Ordem tentando aniquilar a Resistência. Mesmo com inúmeras referências aos outros filmes, Os Últimos Jedi mostra um pouco da trajetória de cada daqueles que foram apresentados no filme anterior, o que deixa o espectador ainda mais ligado ao universo ali apresentado.

Veja Também:  Andressa Ferreira faz selfie de biquíni e exibe pelinhos na coxa

Com cenas de ação muito bem executadas, efeitos visuais e especiais impecáveis, o filme consegue reinventar, mais uma vez, o que já conhecíamos de Star Wars. Com a coragem de Rian Johnson, roteirista e diretor do filme, Os Últimos Jedi não se preocupa em manter um “padrão” imposto e visto em outros filmes, e consegue dar um novo tom para a trilogia. Além disso, ele se faz emocionante em vários momentos (chorei, confesso!), se despede da maravilhosa Carrie Fisher, e deixa uma mensagem linda no final.


JÁ ME SEGUE NAS REDES SOCIAIS?

Instagram: www.instagram.com/avictoriareal

Youtube: www.youtube.com/vicviu

Facebook: https://www.facebook.com/avictoriareal