Sabemos o quanto os cuidados com a saúde e com o corpo vêm despertando o interesse das pessoas, principalmente quando se trata de mais qualidade de vida e longevidade. Com isso, a busca pela medicina preventiva tem aumentado com o passar dos anos, principalmente entre os famosos. Mas o que é a medicina preventiva e qual sua importância?

A medicina preventiva é uma área da medicina muito utilizada na prevenção das doenças, em vez da cura ou tratamento dos sintomas. É parte dela a realização de exames rotineiros para detectar possíveis alterações, antes de tornarem-se efetivamente em doenças.

 

 É por meio dessa vertente da medicina, que os pacientes obtêm melhora na qualidade de vida. A prática tem se tornado comum entre o meio artístico. Artistas como: Mauricio Mattar, Luciano Szafir, Nicola Siri, Paulinho Vilhena, Chay SuedFernanda Shonardie, Valéria Valensa, entre outros procuram por esse novo método para manter corpo e mente em dia.

 

“Em alguns casos, os atores precisam mudar rapidamente o corpo, em virtude de determinados papeis que exigem uma mudança no físico, seja para ficar mais magro, mais gordo ou mais forte. Então o meu trabalho é garantir que essa mudança seja saudável”, explica Dr. Cláudio Ambrósio, médico pós-graduado em endocrinologia e metabolismo, também conhecido como “médico das celebridades”.

 

No entanto, a principal importância da medicina preventiva está na manutenção constante da qualidade de vida, recurso este que atende a todos os públicos e não apenas celebridades.

 

“Investir na prevenção é a chave para não precisar interromper planos e projetos de vida para se dedicar ao tratamento de uma doença. A prevenção resulta no aumento da disposição e da produtividade, adotando o cuidado constante do corpo como hábito de vida, fugindo de tratamentos mais agressivos no futuro.”, ressalta o médico.

Veja Também:  Capa da 'Glamour', Bruna Linzmeyer fala sobre minorias e militância

 

O primeiro passo para uma vida saudável é conhecer o seu corpo e entender suas necessidades, nenhum corpo é igual ao outro, assim como seus tratamentos são personalizados para a individualidade biológica de cada paciente. 

 

 

Outro motivo para recorrer a medicina preventiva é que o ser humano está vivendo cada vez mais, e sobre este aumento de anos de vida não há dúvida. Atualmente dispomos de vacinas, antibióticos, medicações, cirurgias com tecnologia de ponta, além das oportunidades infinitas para exercitar a mente e o corpo. Entretanto, o nosso organismo ainda não se adaptou a essa vida de longo prazo e começa a apresentar problemas que fazem com que a nossa velhice se torne uma experiência muito ruim. Contudo, a ciência e a medicina, aliadas à tecnologia, têm desenvolvido soluções incríveis que nos ajudarão não apenas a ter uma velhice mais saudável, mas a entrarmos mais tarde nessa fase de nossa vida.

Frente a isso, muitas das informações que o Dr. Cláudio Ambrosio leva aos seus pacientes em consultório, sobre como e o que a ciência traz de novo para saúde, longevidade e estética, agora estão acessíveis a todos, em seu novo livro “E se você viver mais de 100 anos?”, lançado este mês em livrarias do Brasil.

Compartilhe