A proximidade construída pela Priscilla Pugliese com os fãs, fez com a que a atriz desenvolvesse algo diferente para comemorar a famosa Festa Junina brasileira. Apaixonada pelas festividades, Priscilla realizou uma “Festa Junina Online” com admiradores de um grupo que possui nas redes sociais, o “Pugliese’s Friends”. A reunião aconteceu na última sexta-feira (05), por uma chamada de vídeo e contou com a participação de mais de 20 pessoas de diferentes países que fazem parte do grupo.

Sabemos que em meio a muitas festividades, uma das mais famosas no Brasil, é a “Festa Junina”, ou “São João” como é chamada em alguns lugares, e acontece em sua maioria no mês de junho. A festa reúne música, comidas típicas, brincadeiras e um figurino bem a caráter. É difícil achar quem não aguarde esse momento do ano ansiosamente. Em meio ao isolamento social que o mundo enfrenta, devido ao covid- 19, muitos lamentam a falta da festa neste ano. E, por isso, Priscilla desenvolveu a ideia, que acabou sendo muito mais do que a festa em si.

”Eu amo festa junina e queria muito fazer algo com a minha família, que mora comigo, minha mãe, meu irmão e minha avó. Essa era a ideia inicial. Queria que fosse fácil e prático. Ao mesmo tempo, estava conversando com o pessoal do grupo ’Friends’, que tenho com alguns fãs brasileiros e internacionais, e me atentei à essa outra vontade de também estar mais próxima deles. Então, surgiu a ideia final de juntar tudo e trazê-los para estar junto com a minha família, nesse momento que não podemos fazer uma festa de verdade. Eu só não esperava que seria algo tão incrível de compartilhar”, conta Priscilla.

E o espanto da atriz veio quando ela percebeu como os fãs haviam abraçado a ideia, transformando tudo em uma verdadeira festa junina, mesmo com as limitações de uma tela. Alguns fãs estavam a caráter, com chapéus, vestimentas e maquiagem. Já outros, fizeram decorações e preparam comidas típicas para aproveitar o momento. O que não faltou foi diversão, dança e muita conversa entre a galera. E o retorno de algo simples, como uma reunião por chamada de vídeo, vem de formas diferentes e significativas, ainda mais nesse período complicado de pandemia.

“É um ato de muito carinho e reciprocidade com as fãs. Ela abriu sua casa para, de alguma forma, nos trazer para mais perto e reuniu pessoas de outras culturas e costumes, o que foi ainda mais lindo. Em meio a tantas notícias ruins, a Priscilla trouxe alegria naquele dia, mostrando que o isolamento social não pode nos impedir de ultrapassar fronteiras. A internet, que às vezes aprisiona alguns, também nos mantém mais próximos nesses dias”, relata Taty Charpinel, fã brasileira que estava presente na festa.

E a “Festa Junina Online”, foi mais longe do que podemos pensar. Como dito anteriormente pela atriz, um dos grupos possui fãs de outras nacionalidades, desde a América Latina, até à Europa. O costume de comemorar essa festividade no Brasil se tornou tão parte da rotina, que muitas vezes nos esquecemos que outros países não possuem essa data no calendário. “Quando eu lancei a ideia no ‘Friends’ das fãs internacionais, eles se animaram porque teríamos uma festinha, mas não de fato por ser uma festa junina. Foi aí que eu me lembrei que é uma celebração brasileira. Mas, de qualquer forma, me deixou ainda mais feliz a participação delas”, diz Priscilla.

Veja Também:  Cacau Colucci posta foto e mãe gata chama a atenção

Além das integrantes brasileiras e entre as internacionais, tinham fãs do Chile, do México, da França, dos Estados Unidos, da Espanha e de outros países. Para elas, que até então não conheciam essa festividade brasileira, foi uma experiência nova e deu a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a rica cultura do Brasil, e sem nem ao menos saber falar o idioma.

“Fiquei muito empolgada em participar, e até mesmo surpresa por ter sido convidada. Eu não sabia o que esperar e, como não conhecia o que era festa junina, fui pesquisar. Foi muito interessante ver como as nossas culturas são semelhantes, mas, ainda sim, muito diferentes. Eu adorei a história por traz da festa, a forma que as pessoas se vestem tipicamente como fazendeiros, e adorei as músicas, que são muito divertidas. Na verdade, gostaria muito de participar pessoalmente de uma festa junina, mal consigo imaginar o quão bonito deve ser e poder experimentar a comida, dançar, etc”, conta Beth Sparks, fã americana que também estava na festa.

Levar a cultura do Brasil para outras partes do mundo, não era a ideia principal da Priscilla. Mas muitos dos fãs internacionais abraçaram a festa junina e se interessaram ainda mais em visitar o país em outras oportunidades, após o fim da pandemia. “Adorei, a música, a festa e adorei ainda mais o fato de ser uma tradição, eu valorizo isso! E realmente gostaria de participar de fato de uma festa junina, porque pessoalmente deve ser ainda melhor”, conclui a fã do Chile, Karelis Rodriguez.

Compartilhe