Foto: Divulgação

Como muito se falava no backstage do Kondzilla Festival, “a favela desceu para o asfalto” e conquistou a todos. É isso mesmo, o ritmo tradicional e muito consumido nas favelas do Rio de Janeiro, nesta última terça-feira, provou que está na boca do povo e arrasta multidões por onde passa, independente da classe social.

Com 10 horas de shows,  o dono do maior canal de música do Youtube no mundo estreia a primeira edição do seu festival com shows dos principais artistas do funk – Kevinho, MC Kekel, Lexa, Naldo, Kevin O Chris, JottaPê,  Mc Fioti, DJ Pernambuco e Dani Russo – junto a batida eletrizante do DJ Alok e todo o gingado baiano, de Léo Santana, em um mesmo palco.

O Festival, que não economizou em leds, efeitos e momentos especiais, assim como já acontece nos clipes que bombam na plataforma digital, trouxe para os paulistanos uma experiência única a quem estava assistindo ao vivo, do Anhembi, ou pela televisão, através da transmissão do Multishow.

Veja Também:  Musa do Amazonas surpreende com desfile típico no 'Musa do Brasil 2018'

Uma noite que marcou a história do funk e vai ficar para sempre na memória das milhares de pessoas ali presentes. Ainda para a surpresa do público, no final do show de Léo Santana, Lexa, Gabi Lopes e Gessica Kayane invadiram o palco e desceram até o chão ao som do cantor, arrancando aplausos de todos os presentes.

Para a realização da festa, Kondzilla Festival contou com uma infraestrutura e organização de primeira, em parceria com a Enter e a RB Music – responsáveis pela execução de eventos de grande porte e que também reúnem milhares de pessoas no Rio de Janeiro e em São Paulo, como Festival Villa Mix, Skuta, Garota VIP, Buteco e Baile da Santinha, entre outros.

Compartilhe