Foto: Instagram

Conhecida como a “ex-menina fantasma” que marcou os domingos no Programa Silvio Santos do SBT, Anna Livya mostra hoje, na véspera de seus 18 anos, que realmente mudou e que já traça novos planos para o seu futuro como artista.

Entrou na emissora em 2010 e em três anos de casa ganhou a oportunidade de estrelar como Janaina no elenco do remake de “Chiquititas”. Com a chegada de sua maior idade, a atriz se prepara para sair da grande São Paulo e ir morar no Rio de Janeiro para investir em seus novos projetos para 2018.

Quando e como foi que você decidiu que queria seguir carreira como atriz? Aos 8 anos de idade, quando entrei no curso de teatro, e dali em diante, fui me apaixonando cada vez mais pela arte de atuar.

Prestes a completar seus 18 anos, quais são seus projetos e expectativas para esse novo ano na sua vida? Iniciar boa parte da minha nova vida. Irei morar no Rio de Janeiro e iniciar novos projetos para 2018.

Quem ou o que deixou mais saudades após o término da novela “Chiquititas”? Não quem, mas sim, o que. Sinto saudade da rotina, da energia e de toda daquela correria, de estar sempre ali trabalhando com o que amo e com boa parte do elenco que adoro também.

Hoje em dia, você costuma fazer bem o estilo de digital influencer em suas redes sociais. Acredita que esse “mix” de trabalhos que você faz como modelo e como atriz costuma ajudar um ao outro em algumas horas? Levando em consideração o engajamento de um para o outro, posso dizer que sim. Sempre tem um pouquinho de cada área, em cada trabalho.

Veja Também:  Inspirada em Marilyn Monroe, Musa da Croácia revela: “não é pretensão, é objetivo de vida”

Como você se define por você mesmo? Pergunta difícil, mas hoje posso me definir como alguém que acredita em si. Sou segura e bem confiante, apesar de ser meio preguiçosa as vezes (risos).

Dentro do SBT desde 2010, participando de um quadro do Programa Silvio Santos como a tão conhecida “menina fantasma” e logo em seguida reaparecendo como Janaína em “Chiquititas”. Sobre sua jornada dentro da emissora, o que você tem a dizer em relação ao tempo que passou lá dentro? E qual momento você acredita ter sido mais marcante? Iniciei meus trabalhos na casa em 2010, e desde lá pude conhecer um pouco cada vez mais do que é a Família SBT. É algo indescritível, tanto os trabalhos, quanto as experiências. Uma palavra que representa isso tudo para mim, seria: INCRÍVEL.

Qual é o seu maior sonho e o seu maior medo atualmente? Meu maior sonho é uma pergunta que nunca respondo, pois são inúmeros. Já medo, acho que seria perder minha base, que é a família.

Deixe uma mensagem para terminarmos. Nunca sei bem como finalizar com esses recadinhos. Sou bem indecisa, mas gosto de passar para o meu público e aqueles que me acompanham, a imensa gratidão que sinto, pelo carinho, pela força e principalmente pela energia que me transmitem.

Compartilhe