Para o último ensaio técnico, Patrícia Bianchi, a madrinha de bateria da Barroca Zona Sul, escolheu um body repleto de cristais e mostrou muito samba no pé mesmo debaixo de chuva. Nos bastidores, ela antecipou como será a sua fantasia para o desfile na próxima sexta-feira, dia 21. A escola será a primeira a entrar na avenida e abrir o Carnaval de São Paulo.

“Vai ter muito strass e penas. Vai ser ousada na medida. Nem sei quanto estou gastando, ainda não parei para somar tudo, mas quero mesmo é chamar a atenção pelo meu samba no pé e pela minha entrega na avenida”, avisa. “Nessa reta final é foco total no bumbum, vou com ele todo de fora para o desfile, então tem que caprichar na malhação”.

E no esquenta a modelo realmente mostrou muito gingado à frente da bateria, atraindo olhares e animando o público das arquibancadas. Patrícia também roubou a cena por ostentar suas medidas. “Essa troca de energia com o público é o que me dá forças na avenida”, diz. “Estou na minha melhor forma e com toda a disposição para fazer bonito e defender meu pavilhão”.

Veja Também:  Namorada de Latino, Jéssica Rodrigues posa na piscina

Neste ano, a Barroca Zona Sul levará para a avenida um enredo com a história da líder quilombola Tereza de Benguela. A escola será a primeira a desfilar no dia 21 de fevereiro, sexta-feira, abrindo o Carnaval de São Paulo.

Fotos: Ricardo Sakai / Edu Graboski / Divulgação

Compartilhe