Kell Rosan, representante de Rondônia no Musa do Brasil 2017, já está pensando no pós-concurso. A modelo de 36 anos sonha em aproveitar a “fama” para posar nua para uma revista masculina internacional. Confiante no seu corpo e potencial, ela estrelou um ensaio sensual de lingerie como prévia e arriscou até um topless.

“Mulher negra faz mais sucesso lá fora, quero mostrar todo o meu sex appeal e deixar os gringos enlouquecidos. Aqui no Brasil foram poucas capas negras, apenas 11 na Playboy ao longo de 40 anos”, lembra. “Lá fora o número é bem maior, não existe essa coisa de segregação”, completa.

Veja Também:  Candidata a Musa do Brasil, Iara Ferreira estrela ensaio: “Sensual e delicada”

De olho no título de mulher mais bonita do Brasil, Kell já iniciou sua preparação para a final que acontece em novembro. “Estou até fazendo aulas de passarela”, conta. “Mais do que cuidar do corpo, deixar o bronze em dia e manter o shape, quero fazer uma apresentação histórica”.