Quem vê as fotos da campeã do Musa do Brasil 2015, Thais Eid, não imagina o que ela enfrentou antes de ganhar a competição. A modelo e também estudante de educação física superou a depressão e a crise de pânico. Os primeiros sintomas apareceram em 2014 e desde então ela contou com a ajuda de uma psicóloga, além do apoio de familiares e amigos.

“Eu tinha muito medo de dormir pois achava que iria morrer. Meu corpo tremia, sentia dores no peito, ânsia de vômito, falta de ar. Eram crises horríveis” afirma a modelo que considera esse o momento mais difícil da sua vida. Sinônimo de alto-astral entre os amigos e familiares, sempre alegre e exibindo um belo sorriso, Thais lutou contra o pessimismo. “Já pensei muitas vezes em suicídio. Era triste”, revela.
Durantes os três meses de crises constantes a Musa do Brasil teve sua rotina completamente alterada, já que os sintomas apareciam repentinamente. “Eu chegava na academia, fazia um exercício e isso era suficiente pra eu achar que estava passando mal. Minha boca ficava seca, meu coração acelerava, tinha a sensação que ia enfartar a qualquer hora”, conta. “Não conseguia nem fazer as atividades do dia a dia, como entrar no carro e tomar banho com a porta trancada”.
Thais revela que procurou a ajuda de uma amiga psicóloga, e que as conversas com ela foram muito importantes para recuperar sua alegria e superar os momentos de negatividade. Meses depois Thais voltou a treinar –sua maior paixão – sem imaginar que ostentaria o título de mulher mais bonita do Brasil. “Desfilar e ganhar foi essencial para eu me auto-afirmar, levantou minha autoestima, hoje não tenho medo de enfrentar desafios. O título coroou minha superação”, revela a musa.

 

Veja Também:  Panicat Aline Mineiro rompe ligamento do joelho