A representante carioca no concurso Musa do Brasil 2016, Gilliane Bonheur, exibiu o shape em forma e muita personalidade durante ensaio fotográfico pra lá de ousado em uma praia na zona oeste do Rio de Janeiro. Com 17 desenhos pelo corpo, a ruiva garante que isso a torna diferente das suas concorrentes.

“Cada tatuagem tem um significado especial para mim, esses desenhos são parte do meu corpo. As rosas me lembram de um momento de vitória na minha vida, em geral as tatuagens me trouxeram mais autoestima e uma forte ideia de liberdade. Esse meu estilo alternativo será um diferencial na competição. Tenho atitude e muita originalidade”, ressalta a modelo.

Durante a sessão de fotos com direito a topless, além de trazer sua personalidade forte à tona, a carioca confessou que os desenhos também fizeram ir por água a baixo sua timidez. “É o meu trabalho, às vezes é preciso fazer fotos que mostram um pouco mais e hoje me sinto mais confiante. As tatuagens me fizeram perder o medo de ser diferente e criativa”, contou.

Veja Também:  HBO | Quarta temporada de Sr. Ávila começa a ser produzida

A também atriz será umas das 27 finalistas, cada qual representando um estado da federação na grande final do concurso, que acontece no dia 13 de dezembro em São Paulo. Para levar a faixa, a ruiva garante que sai na frente. “Minha confiança me leva a acreditar que trago um perfil único e espero que isso faça a diferença”, comenta toda otimista.