Após a desclassificação da modelo Priscila Aragão, do Tocantins, do concurso Musa do Brasil 2017, a organização anunciou a substituta. Trata-se da estudante Carol Almeida, 21 anos, uma das mais novas na competição. Em ensaio de lingerie, a morena exibiu suas curvas generosas e contou que ficou surpresa ao ser chamada para disputar o título de mulher mais bonita do país. Ela já havia sido convocada pré-selecionada na primeira etapa do projeto.

“Me inscrevi sem muita pretensão até porque me considero uma mulher normal. E acho que é justamente isso que chama a atenção dos homens. Não sou montada, nunca fiz plásticas e não vivo de dieta e academia. Sou uma mulher como qualquer outra, que estuda, trabalha, cuida da casa e sai para beber com as amigas”, conta. “Acho que esse meu perfil pode conquistar os jurados na final do concurso”.

Ao contrário de outras candidatas, a Musa do Tocantins não vai fazer uma preparação física para a final da competição. Ela segue com a sua rotina de estudos e pretende conquistar a faixa de Musa do Brasil com a sua simpatia. “Não acho que o corpo seja o principal quesito num concurso como esse. O conjunto diz muito mais, a empatia é o mais importante. Sou ousada e também tenho sex appeal. Quero vencer para inspirar outras ‘mulheres reais’ e mostrar quem nem sempre o perfil fitness é o mais bonito”.

Veja Também:  Presidente da WBPF Brasil pede para musa fitness desmentir acusação de assédio

A final do Musa do Brasil acontece no dia 5 de dezembro no Buffet Manaus, em São Paulo. O evento é fechado para convidados. As 27 candidatas desfilarão para um júri formado por jornalistas. As três melhores colocadas, como prêmio, serão capa da revista Sexy.

Foto: Adilson Marques / Mais Mídia
Foto: Adilson Marques / Mais Mídia
Foto: Adilson Marques / Mais Mídia
Foto: Adilson Marques / Mais Mídia
Foto: Adilson Marques / Mais Mídia
Foto: Adilson Marques / Mais Mídia
Foto: Adilson Marques / Mais Mídia