A advogada Nayane Barreto deu adeus à cozinha do MasterChef Brasil após preparar uma versão da bebida bloody Mary para os chefs Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella. Ao Portal da Band, a participante afirmou que achou a proposta da prova muito difícil.

“Eu não estava conseguindo imaginar nada. Queria fazer bloody Mary porque era de tomate assado e, como eu já tinha feito um molho de tomates assados muito elogiado, eu me senti confiante. Apesar disso, eu não conseguia ter uma inspiração”, lamentou Nayane.

“Os chefs disseram que o prato estava desconexo, mas eu acreditava que o sabor do molho ia compensar. Infelizmente, estava amargo. Eu não sei dizer o que aconteceu. Não sei se foi o próprio tomate que queimou – mas eu uso o tomate mais queimado quando eu faço esse molho – ou se foi a pimenta jalapeño. Acredito que tenha sido a pimenta, porque eu não tenho o costume de trabalhar com ela”, continuou.

Veja Também:  Roberto Rodrigues assina com a SOT TV e vai mostrar o lado desconhecido dos famosos

Apesar de não ter avançado mais na competição, a brasiliense afirmou estar satisfeita com o seu desempenho. “Estar aqui no meio de 27 mil inscritos, estar entre os 13 melhores cozinheiros amadores do Brasil é muito satisfatório. O MasterChef é uma experiência incrível que eu tive na minha vida e eu vou levar para sempre. Eu aprendi muito, eu cresci muito e fiz amizades verdadeiras aqui”, afirmou ao Portal da Band.

Foto: Carlos Reinis / Band
Foto: Carlos Reinis / Band
Foto: Carlos Reinis / Band
Foto: Carlos Reinis / Band
Compartilhe