No programa desta quarta-feira, 19, Danilo Gentili recebe Núbia Óliiver para uma entrevista divertida e cheia de revelações.

No programa,  ela fala sobre sua carreira como modelo, atriz e empresária, relembra sua passagem pela “Casa dos Artistas” e conta que foi o primeiro nu digital do Brasil em 1994.

Além disso, Núbia, que entrou para o Guinness Book por ter sido capa de 16 revistas sensuais, comenta ainda sobre o distúrbio que teve quando era mais jovem, que a fazia ser viciada em sexo, e conta que se tratou tomando remédios. Ela diz que agora está namorando e que sofre preconceito até hoje por ser modelo e viver de sua imagem

Veja Também:  Desfile do Musa das Torcidas vai unir futebol e carnaval

“Com 18, 19 anos, vivia em função do sexo. Realmente tinha esse distúrbio. Foi muito difícil. Mulher, morando em cidade pequena, fica falada. Aí fui no médico e ele me deu um remédio para baixar isso. Realmente foi prejudicial. Eu não estava feliz. Trocava de parceiro quatro, cinco vezes num dia”, contou.

Crédito: Eve Schwarz /SBT)