Com a igreja sede em Feira de Santana, igrejas em Salvador e no interior do estado da Bahia, o ministério do pastor Josué Brandão têm se mostrado firme e cada vez mais sólido. O pastor que já pregou em mais de 40 países projeta a abertura de novas igrejas nas capitais brasileiras a partir do segundo semestre de 2021.

Josué Brandão chama a atenção no meio gospel pela sua consistência. O ministério já dura 28 anos e desde o começo, atrai cada vez mais pessoas. É comparado ao evangelista israelense Benny Hinn, conhecido por realizar cruzadas de milagres no mundo inteiro. O Ministério do Pastor Josué Brandão leva o seu nome, como acontece com Benny Hinn, que edificou o ministério a partir das cruzadas mundo afora.

Há onze anos, pastor Josué estabeleceu o Centro de Evangelismo Cristianismo Sem Fronteiras e atualmente, está em fase de transição com o Ministério Josué Brandão para fortalecer o Centro. Josué, além de pregador, conferencista e escritor, atua no ensino da palavra de Deus e suas mensagens já alcançaram milhões de pessoas e garantiram milhares de conversões, curas e libertações.

O ministério do pastor ficou ainda mais forte durante a pandemia. O pastor intercede e ora pelo Brasil e pelos brasileiros em uma Campanha de Oração conhecida por ‘Lives de Lágrimas’ nas redes sociais. O compromisso público de oração alcançou milhares de pessoas no momento de extrema fragilidade deixado pelo coronavírus. O pastor virou referência da evolução pastoral com seu trabalho na internet devido ao exemplo de fé, humildade e dependência de Deus. Segundo pastor Josué, “a pandemia trouxe benefícios que não bastam as perdas que muitos sofreram”.

Sobre o Pastor Josué Brandão

Josué Brandão nasceu no estado de São Paulo e quando tinha sete anos se mudou com a família para a pequena cidade de Mairi, na Bahia. Seu pai se tornou pastor titular de uma Igreja Assembleia de Deus e foi lá que seu ministério começou.

Veja Também:  Candidata a Musa do Chapecoense ostenta boa forma em desfile

Aos 16 anos propôs um desafio a um amigo da igreja quando ela ainda tinha apenas sete membros. Ele e o amigo deveriam levar mais uma pessoa para a igreja no prazo de 70 dias. Os dois cumpriram suas respectivas partes e o desafio continuou.

Em dois anos, a igreja contava com 70 jovens e um ministério que se destacava. Desde então, Josué começou a chamar a atenção por suas pregações e exemplo de vida e teve seu ministério reconhecido mundo afora. Além de ter pregado em mais de 40 países, pastor Josué já passou por todos os estados brasileiros e em 386 das 417 cidades do estado da Bahia, estado em que a tradição se apresenta como uma barreira que se opõe ao avanço do evangelho.

Para ele, o relacionamento com os membros é fundamental porque a Igreja Apostólica valoriza o relacionamento fraternal e social, por isso, há uma necessidade de evoluir para se comunicar de maneira que todos entendam. “É preciso exercer o discipulado relacional, o ensino bíblico e a mensagem clara. As convicções precisam ficar de lado para que haja unidade e a igreja se fortaleça”.

 

Compartilhe

Warning: A non-numeric value encountered in /home/portalmaismidia/www/wp-content/themes/Newspaper_old/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009