Toby Emmerich, presidente da Warner Bros. Motion Pictures deu uma entrevista ao Wall Street Journal e resolveu bater o martelo ao afirmar que, a partir do ano que vem, não teremos mais filmes tão conectados da DC.

Segundo ele, os diretores vão poder trabalhar mais livremente e ampliar os personagens.

“Não queremos limitar a criatividade que cineastas podem trazer à mesa, dizendo que esses personagens precisam aparecer numa ordem específica e pertencer ao mesmo universo.”

Veja Também:  Luan Santana estreia em agosto seu programa no Multishow

Vale ressaltar que para o ano de 2018, somente o filme Aquaman está programado para a Warner.

Agora é esperar para ver.