Inspiradas pelo ouro da seleção brasileira nas Olimpíadas, algumas candidatas ao título de Musa das Torcidas do Brasileirão 2016 entraram em campo e mostraram que também batem um bolão. Com shortinhos diminutos e tops que valorizavam seus atributos, as modelos correram de um lado para o outro na expectativa de marcar um gol. Mas, após o tempo normal, o jogo ficou empatado e a decisão foi para os pênaltis.

Em campo estavam Thayanne Guimarães (Cruzeiro), Kelly Silva (Santos), Iara Ferreira (Paraná), Sabrina Rabanne (Corinthians), Jhenyfer Antonelly (Grêmio), Cris Gomes (Ponte Preta), Vivian Pinheiros (Atlético-MG) e Isabella Lessa (Flamengo). Deixando a rivalidade dos times de lado, as musas se dividiram em duas equipes e contaram com dois goleiros profissionais.

Veja Também:  Nicole Bahls esbanja charme em ensaio deslumbrante

Mesmo demonstrando habilidade com a bola nos pés, as Musas das Torcidas chamaram mesmo a atenção por seus corpos e pelos looks pra lá de provocantes. Como o evento não era só esportivo, nem mesmo o placar foi tão importante. Afinal, com o desfile de beldades foi difícil acompanhar cada lance.