O reality show mais gostoso da televisão brasileira, que une talento, criatividade e paixão por comida, está de volta para mais uma temporada cheia de novidades e de comidas deliciosas. Ana Paula Padrão segue no comando do MasterChef, acompanhada pelos chefs: Erick Jacquin , Henrique Fogaça e Paola Carosella. A terceira temporada da atração estreia na terça(15) ás 22h30.

Este ano a produção do MasterChef Brasil recebeu mais de 25 mil inscrições. Foram realizados 500 testes presenciais, mas apenas 75 candidatos foram convocados para terem seus pratos avaliados pelos chefs Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella. 34 mulheres e 41 homens de 10 estados diferentes, com idades entre 19 e 74 anos, passaram pela avaliação dos jurados, e 46 deles seguiram para a segunda seletiva, etapa onde enfrentaram tarefas técnicas e, principalmente, provas em que a criatividade é essencial.

“Temos bons cozinheiros com perfis bem diferentes das temporadas anteriores”, diz Paola Carosella. “Provamos muita coisa ruim, mas alguns pratos nos surpreenderam também. Estamos mais exigentes em nossos critérios de avaliação”, revela Henrique Fogaça.

Os três primeiros episódios da nova temporada vão mostrar a seleção dos 21 competidores que vão entrar na cozinha mais amada do país. “Os candidatos desta edição estão mais preparados. Eles já chegaram usando termos técnicos da gastronomia e pensando na estratégia de jogo”, analisa a apresentadora Ana Paula Padrão. Agora as provas serão mais audaciosas, adianta o chef Erick Jacquin. “Para ter sucesso nesta temporada, os candidatos precisarão ser mais competidores do que nunca. Serei muito mais exigente”, conta o jurado.

Veja Também:  Ainda mais intensa, A&E estreia nova versão de Casos Arquivados
Foto: Divulgação / Band
Foto: Divulgação / Band

Muitos desafios serão enfrentados fora da cozinha do MasterChef. Em uma das provas, chamada “Ocupação MasterChef”, os participantes serão responsáveis pela cozinha de um estrelado restaurante paulistano. Os cozinheiros também vão enfrentar a maior prova em equipe já realizada pelo reality: eles visitarão uma unidade do Corpo de Bombeiros e terão que preparar 200 refeições. Já outra prova será disputada em uma Escola de Samba do Rio de Janeiro.

Ao longo de 25 episódios, os telespectadores poderão acompanhar a transformação de um cozinheiro amador em um chef profissional. O grande vencedor vai ganhar R$ 150 mil, uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, em Paris, e o troféu de MasterChef. Os dois finalistas serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para compras com o cartão Carrefour. O segundo colocado também ganhará uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, no Canadá.

Foto: Divulgação / Band
Foto: Divulgação / Band