A modelo Vanessa Alcântara, 29 anos, segue na Penitenciária de Tremembé I, no interior de São Paulo. Ela foi presa acusada de agredir uma escrivã de polícia em Valinhos. Vanessa nega e garante que sua prisão é injusta, ilegal e arbitrária. De acordo com seu advogado, Evandro Campoi, uma decisão deve ser tomada na audiência marcada para o dia 7 de junho no Fórum de Valinhos.

“Na prática a Vanessa deve ser solta, já que não oferece riscos à sociedade para ser mantida em cárcere. A prisão dela é totalmente arbitrária. As provas são contestáveis. Durante a audiência a juíza deverá tomar o depoimento das partes, inclusive da Vanessa, e apresentar uma decisão para o caso. Estamos confiantes na soltura dela na mesma data. Afinal, ela está sendo acusada injustamente”, garante.
Ainda de acordo com a defesa, a modelo divide a cela com apenas uma detenta. Ela recebeu a visita do seu advogado nesta terça-feira (17), que entregou alimentos, roupas e produtos de higiene pessoal. Mesmo abatida, Vanessa está confiante numa decisão favorável. Hoje completaram 40 dias de prisão.
Veja Também:  Mister Brasil Matheus Gouveia passeia no interior de SP