Os editores do Mais Mídia elegeram as panicats que mais se destacaram nos mais de 10 anos de programa. Confira:

10. Mendigata

Fernanda Lacerda talvez nem possa ser considerada uma panicat, mas a beldade ganhou enorme destaque no humorístico com a personagem que deveria durar apenas um quadro e conquistou seu espaço no elenco fixo.

9. Lizzi Benites

A modelo que interpretava a personagem “Piu-piu” no humorístico nos tempos da RedeTV! deixou muitas saudades. Merece um lugar no nosso TOP 10. (Lipe Aramuni)

8. Carol Narizinho

Uma das panicats que mais teve destaque na mídia, Carol surpreendia a cada domingo ao encarar os desafios mais mirabolantes. (Edu Graboski)

7. Tânia Oliveira

A modelo que hoje é madrinha da escola de samba Dragões da Real, em São Paulo, foi destaque no humorístico nos anos 2000 e abrilhantou a capa da revista Playboy em 2006. Deixou saudades! (Lipe Aramuni)

6. Wendy Tavares

Apesar do pouco tempo na atração, já conquistou o coração dos fãs do Pânico com sua beleza e carisma. Com certeza será uma das panicats inesquecíveis! (Lipe Aramuni)

5. Carol Dias

Começou timidamente no programa comandado por Emílio Surita e aos poucos ganhou espaço. Simpática, é uma das panicats mais queridas pelos colegas de emissora. (Edu Graboski)

Veja Também:  Treino inusitado de Denise Dias inclui bola entre as pernas

4. Aryane Steinkopf

Outra loira que deixou saudades no humorístico. Com um corpo escultural e carinha de boneca, Aryane deixou muito marmanjo babando no tempo em que permaneceu no programa. (Lipe Aramuni)

3. Babi Rossi

Ganhou ainda mais fama ao raspar as madeixas ao vivo no programa. Babi Rossi sempre representou o espírito das panicats. Presença mais que garantida no Top 10. (Edu Graboski)

2. Nicole Bahls

Fez história na televisão. Nicole ajudou a criar o estereótipo de panicat, reunindo todas as características das beldades de forma máxima e caricata. (Edu Graboski e Lipe Aramuni)

1. Juju Salimeni

Indiscutivelmente essa é “A” panicat. Referência quando se trata do perfil de modelos que o humorístico criou. (Edu Graboski e Lipe Aramuni)