quarta-feira, 18 maio, 2022
HomeNegóciosPrivacy chega em 2022 com 55 mil criadores de conteúdo

Privacy chega em 2022 com 55 mil criadores de conteúdo

Desde 2020, as pessoas que desejam investir na venda de conteúdo online têm uma plataforma totalmente brasileira para apostar.

A venda de conteúdos online se tornou uma alternativa para milhares de pessoas durante a pandemia, mas o que parecia ser só uma tendência se transformou em um negócio lucrativo para muita gente.

Quem vive no Brasil e deseja apostar no ramo já não precisa mais recorrer às plataformas estrangeiras, isso porque já existe um site totalmente brasileiro voltado para esse público.

Privacy – que hoje conta com uma base de 55 mil criadores e mais de 3 milhões de usuários – nasceu em 2020 e permite que influenciadores de diversos segmentos monetizem seu conteúdo.

Com sede em São Paulo, a startup promete oferecer um atendimento muito mais rápido e humanizado, além de uma plataforma mais intuitiva, pensada para brasileiros.

Mais facilidade em comprar e receber

Uma das grandes vantagens da Privacy é a facilidade nos pagamentos, tanto para quem cria conteúdo, quanto para quem compra.

O assinante pode fazer pagamentos por pix, boleto e cartão de crédito e o criador recebe diretamente na sua conta, sem a cobrança de taxas adicionais, além dos 20% usados para custear despesas administrativas.

Veja Também:  Conceito store in store chega a zona norte do Rio

Também não é necessário ter um cartão internacional para se tornar um assinante, o que gera mais oportunidades aos criadores, uma vez que a maioria dos brasileiros não têm acesso a esse tipo de cartão.

Processo de aprovação mais rápido

Para se cadastrar na plataforma é preciso ser maior de 18 anos e passar por todas as etapas de comprovação de identidade. Quando os documentos são enviados corretamente, a aprovação do perfil sai em 24 horas e o criador já pode começar a fazer as publicações.

Expansão internacional

Em 2022, a Privacy vai expandir as operações pela América Latina.O objetivo é atender a demanda de pessoas que querem começar a vender conteúdos exclusivos nesses países, já que o número de plataformas capacitadas no mercado ainda é escasso.

Essa também é uma ótima notícia para os criadores brasileiros, que vão ganhar mais visibilidade fora do país, entre os assinantes estrangeiros.

Da redação
Da redação
Matérias e conteúdos produzidos por parceiros do Portal Mais Mídia

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

VEJA TAMBÉM:

spot_img