terça-feira, 17 maio, 2022
HomeDestaque“Somos História do Funk” bate recorde de público na quadra da Beija...

“Somos História do Funk” bate recorde de público na quadra da Beija Flor

Mais uma edição do projeto “Somos História do Funk” foi realizada e novamente com maestria, sucesso absoluto de público e organização.

Idealizado e projetado pelos empresários Reginaldo Hermínio da equipe de som CurtisomRio, Tojão da equipe Espião Shock de Monstro e pelo Dj Napô o evento que aconteceu neste domingo, 07/11, na quadra da escola de samba Beija Flor de Nilópolis , fez o público embarcar na magia dos grandes tempos de bailes funk de clube com direito a muito passinho e um funk antigo da melhor qualidade.

Sem brigas e em um ambiente totalmente familiar, curtindo numa boa com sua família todos presentes puderam curtir um show fantástico da dupla William e Duda, da bonequinha do funk, Mc Cacau que levou sua família, cantou e encantou com seus hits de sucesso e finalizou com um grandioso show do Mc Mascote que fez uma belíssima homenagem a atriz Daniella Perez,morta em dezembro de 1992.

Mc Cacau

 

O ritmo que muito já sofreu preconceito da sociedade , hoje é o movimento cultural que mais emprega pessoas das comunidades e por anos os funkeiros tiveram que lidar com a marginalização de seus trabalhos, a falta de oportunidade e o racismo. O funk tornou-se renda para muitas famílias e tem mudado a vida de muitos.

Veja Também:  Cantor Tiee , é a grande atração do Carnaval do Alto Vidigal Brasil deste domingo (27)
Engana-se quem pensa que funk é só batida, dança e “sacanagem”. O Funk também é luta, resistência e forma de protesto por todos aqueles que são parte de uma sociedade.
Por trás do sucesso de um funkeiro há uma história de luta, de vitórias e de resistência. Por trás de cada batida, refrão e coreografia, há alguém que, por meio de seu trabalho representa toda uma comunidade.
Você pode até não gostar de funk, mas é inegável que a batida seja contagiante.

O Funk é cultura, SIM! e nós SOMOS HISTÓRIA DO FUNK

O evento foi premiado pela Secretaria de Cultura do Estado no Edital Retomada Cultural RJ – Lei Aldir Blanc.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

VEJA TAMBÉM:

spot_img