quarta-feira, 18 maio, 2022
HomeSem categoriaTricologista e Cabeleireiro, Bruno Rupf dá dicas de cuidados com os cabelos...

Tricologista e Cabeleireiro, Bruno Rupf dá dicas de cuidados com os cabelos no verão

Estamos no verão e com ele vêm as férias e aquela vontade de curtir uma praia, piscina ou até mesmo uma caminhada em um bom lugar aproveitando a natureza. A grande questão é como curtir esse tempo, sem agredir os seus cabelos, que estarão sendo expostos ao sol, Maresia, água do mar ou a piscina.

Não se preocupe o tricologista capilar Bruno Rupf, trouxe técnicas importantes para você cuidar dos cabelos nesse período, seja seu cabelo quimicamente tratado, virgem ou loiro. Rupf indica que você tenha sempre um kit de produtos de qualidade para uso em casa, o famoso Home Care, que ajudam muito no cuidado e no tratamento domiciliar.

Uma dica muito importante que o especialista dá é que você tenha um óleo vegetal de baixo peso molecular, que pode ser um óleo vegetal de Argan ou de Ojon etc, é importante ser de baixo peso molecular, pois eles têm uma permeação mais eficaz no cabelo, resultando em um tratamento intensivo. É necessário também que você tenha um shampoo, máscara e leave-in (finalizador) de qualidade.

Na noite anterior ao ir na piscina, praia ou se expor ao Sol, o profissional indica uma umectação com o óleo vegetal.

Separe o cabelo em quatro mechas, duas na parte frontal e duas na parte posterior, aplique 8 a 10 gotas do óleo, no cabelo curto considere 5 gotas, aplicar na palma da mão, esquentar flexionando uma palma na outra e aplicar massageando no comprimento e pontas do cabelo, mecha a mecha, ou seja uma quantidade generosa de óleo, você vai dormir com esse óleo no cabelo, sendo ele de qualidade, não terá problemas em sujar a cama ou travesseiro, pois o mesmo irá permear a fibra capilar e terá um excelente resultado, bem intenso no tratamento.

No dia, antes de se expor ao sol, ir a piscina ou ao mar, molhe seu cabelo no chuveiro, “apenas molhe”, não lave com shampoo “não é necessário”, você estará umedecendo o cabelo e em seguida aplicando um leave-in (de preferência que tenha proteção solar e térmica).

Este procedimento garante uma proteção intensificada pela umectação feita na noite anterior com óleo vegetal, e ao molhar e aplicar o leave-in na hora que estiver saindo, permite uma inibição ainda maior da ação dos íons de cobre e cloro da piscina e também da água salgada do mar, o leave-in também garante uma boa proteção, inclusive, indico levar o leave-in na bolsa, (como se fosse um filtro solar corporal)e toda vez que molhar o cabelo na piscina ou mar, reaplicar esse leave-in para assim ter um resultado bem intenso na proteção da fibra capilar.

Veja Também:  Modelo, dançarina e influenciadora digital Etiane Felix recebe proposta para ser a capa da revista Sexy

Uma observação especial para as Loiras principalmente na piscina, é que façam um coque alto, bem no topo da cabeça e se possível, evitem mergulhar o cabelo na piscina para uma melhor proteção.

Ao chegar em casa, higienize seu cabelo com um shampoo de qualidade e aplique a máscara, deixe de pausa de 10 a 20 minutos e finalize o cabelo com leave-in e óleo vegetal de baixo peso molecular, realize esse procedimento toda vez que tiver exposição ao mar, sol, maresia e piscina.

Voltando de viagem, agende um horário com um especialista capilar, para cuidar dos cabelos com tratamento mais indicado, seja o tratamento de reposição hídrica, lipídica, proteica ou até mesmo uma regeneração capilar.

Pois os tratamentos feitos por profissionais são mais eficazes e completos.

“ Piscina “
Sobre piscinas, nelas contém dois elementos que tem grande influência nos cabelos, o Cloro e os íons de Cobre (Cu2+), ouvimos muito falar do cloro, e muitos acham que ele é o grande vilão do estrago que o cabelo sobre na piscina. O Cloro é utilizado para controle microbiológico da água, que deve ser mantida numa faixa de pH (condição química) próximo a 7,00 e esse valor de pH juntamente com a intensidade dos raios solares e a degradação das cadeias primárias de Triptofano (aminoácido essencial do cabelo) aumenta muito a porosidade do cabelo, esse cenário favorece a deposição e adesão de Cobre (Cu2+) nos cabelos, promovendo assim o efeito esverdeado que pode ser mais suave ou mais intenso, dependendo da condição estrutural e altura de tom dos cabelos, sendo assim quanto mais poroso mais propício para o esverdeado ficar mais intenso.

O Cobre (Cu2+) é um componente comum em uma série de produtos utilizados nos processos de limpeza das piscinas, e esse mesmo elemento químico (Cobre Cu2+) está presente nos equipamentos, tubulações e máquinas que compõem os sistemas de manutenção e limpeza da água, muitos maquinários possuem peças internas de Cobre, e por esses fatores vem o efeito esverdeado nos cabelos.

Tanto o Cobre quanto o Cloro são prejudiciais aos cabelos, e o conjunto de fatores relatados resultam na agressão aos cabelos.

Sendo assim sempre que banhar os cabelos na piscina lembre-se das minhas indicações de proteção, e “Atenção” para os cabelos Loiros e Claros, “ não indico “ banhar na piscina, pois além do esverdeado essa reação que o cabelo sofre tem consequências sérias posteriormente, quando a cliente vai retocar as químicas que ela realiza (principalmente o Loiro).

Pronto solte o cabelo e curta o Verão.

 

Da redação
Da redação
Matérias e conteúdos produzidos por parceiros do Portal Mais Mídia

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

VEJA TAMBÉM:

spot_img