Evento de lançamento acontece esta sexta, dia 03, e conta com show da musa funkeira Jojo Todynho e vai apoiar a Casa 1, instituição que auxilia jovens gays que foram expulsos de suas casas!

A cidade de Santo André, no ABC Paulista, será a sede da 1ª edição da Copa Angels Volley. Com a temática Superliga da Diversidade, o torneio reunirá dez equipes LGBTQI. Idealizada pela equipe gay que leva o nome da competição, a disputa acontece nos dias 04 e 05, de agosto,no ginásio Poliesportivo Pedro Dell´Antonia. O campeonato ganhou o apoio do elenco da Seleção Feminina de Vôlei que disputou a Copa Pan-Americana. Além das jogadoras, artistas a favor da causa realizaram diversas postagens na rede social promovendo o evento.

A abertura do torneio está marcada para o próximo dia 03 de agosto, às 20 horas, em São Paulo. Para o evento, estão programados a apresentação e sorteio das equipes, para a imprensa. Após as formalidades, será realizado um show com Jojo Todynho, aberto ao público, às 22 horas. A entrada será 1kg de alimento não perecível, que será destinado a Casa 1. O projeto social “Beleza do Bem” do concurso Miss e Mister Brasil apoia o evento em toda sua divulgação. Durante o torneio também estão previstas apresentações de dança, musica e da bateria da escola de samba Império de Casa Verde.
O Angels Volley é uma equipe paulista de jogadores que amam o esporte. A Copa foi criada com o intuito de divulgar a causa da comunidade.

“Apoiar o esporte já gratificante, ainda mais num evento como esse , beneficente onde teremos no lugar do valor da entrada 1 kg de alimento não perecível que será em prol da “Casa 1″, um abrigo pra GLBT’s que foram expulsos de casa por discriminação. Se cada um fizer a sua parte, tornaremos esse mundo um lugar melhor pra todos, sem exceção, certamente, aos poucos, podemos deixar um legado mais digno para futuras gerações.” diz Jojo Todynho.

Veja Também:  Netflix divulga novo trailer de O Mecanismo, série original do criador de Narcos e Tropa de Elite

Willy Montmann, capitão da equipe, destaca a importância do torneio. “A Copa estava no nosso projeto inicial. A ideia é falar sobre diversidade e expor o lado da inclusão no mundo esportivo e social”, explicou. De acordo com Montmann, a Copa Angels tem uma importância significativa para a comunidade LGBTQI+. “O torneio traz um apelo social e político em âmbito nacional. Vivemos em um país de desigualdade, ao mesmo tempo que somos a maior parada gay do mundo também tem muito preconceito enraizado na população. Por isso, a competição tem um viés muito maior”, disse.
Para conseguir realizar a competição, os organizadores firmaram parcerias importantes para o projeto. As prefeituras de São Paulo e Santo André e a Federação Paulista de Vôlei. Além dos órgãos públicos importantes empresas apoiam a causa, casos do Grupo Savol, da The Week e a Universal Music.

Sobre o Angels Volley
O Angels Volley é uma Equipe LGBTQI+ que comemora dez anos de existência nesse ano de 2018! Sempre jogando no mesmo lugar e horário, sábados das 15 às 18 horas no Clube Vila Mariana, desde o começo da sua trajetória! O grupo é formado por ex atletas de clubes, seleções de base, universidades e até ligas no exterior, que tem em comum o amor pelo voleibol e busca incansável de um lugar onde pudessem jogar em harmonia indiferentemente de rótulo! A Luta e Causa do time vai além da busca por Inclusão e Igualdade no Mundo Esportivo, o Angels tem como principal característica o assistencialismo LGBTQI+ e coragem em ser voz de representatividade nas esferas políticas, jurídicas e sociais!

Saiba mais visitando o Instagram do Angels Volley: instagram.com/angelsvolley

Compartilhe