Você sabia que a posição em que você dorme pode influenciar no sono que tem? É verdade! Dependendo de como você dormir, pode ter mais chances de ter problemas de saúde ou distúrbios do sono até mais riscos de ter pesadelos ou sonhos positivos. Isso mesmo: até mesmo o tipo de sonho que você tem pode estar relacionado com a sua posição ao dormir.

É importante entender detalhes desse tipo pois o Brasil é um dos países que mais sofre com distúrbios do sono hoje em dia. Quase 7 em cada 10 brasileiros têm pelo menos um problema do tipo, com situações como o ronco ou a insônia sendo os mais comuns. Isso, claro, tem consequências graves para a população, como podemos ver em certos dados. Um exemplo: a ansiedade e a depressão estão intimamente ligados com a baixa qualidade do sono. Não à toa, o Brasil é o país mais ansioso do mundo e um dos que têm maior taxa de depressão também.

Não que essa seja a causa de todos os problemas, mas a posição em que você dorme pode influenciar no sono, sabia? Portanto, é vital entender como isso funciona e tentar ter melhores noites. Quer saber mais sobre o assunto? Então siga a leitura abaixo!

Como o sono funciona?

Para entender por que a posição em que você dorme pode influenciar no sono, precisamos primeiro compreender como esse ciclo funciona. Afinal de contas, o que acontece quando dormimos?

Em primeiro lugar, o sono é dividido em dois grandes estágios: o REM (que consiste em 25% do tempo que passamos dormindo, em média) e o NREM (que consiste em 75% desse tempo).

O estágio REM é sempre o mesmo: é quando nosso cérebro passa a ter uma atividade parecida com quando estamos acordados (é quando sonhamos!), nosso corpo relaxa e nossos olhos se movem muito rapidamente (outro sinal do sonho).

Já o estágio NREM é dividido em 3 ciclos, que são apenas progressões do estágio de profundidade do sono. No primeiro ciclo, estamos entre a vigília e o sono; depois vamos para um sono mais leve até, finalmente, chegar a um sono mais profundo pré-REM.

Quando chegamos ao estágio REM, nosso cérebro está praticamente tão ativo quanto quando estamos acordados. Isso significa que ele está produzindo resultados com base em estímulos. Por exemplo, se você quer saber qual o significado de sonhar com cobra, talvez o significa esteja ao seu redor:

● pode ser que a TV tenha um programa sobre cobras passando;

● pode ser que você tenha falado sobre cobras e seu cérebro está processando isso;

● pode ser que seu cérebro esteja se sentindo em risco e o seu inconsciente usou o símbolo da cobra para expressar isso.

Existem, claro, muitos outros motivos para esse e outros símbolos aparecerem. No entanto, o processo é o mesmo: dependendo do estímulo, o cérebro pode produzir sonhos específicos.

A posição em que você dorme pode influenciar no sono?

Agora que você entendeu que os níveis de estímulos recebidos e captados ao dormir influenciam na qualidade do seu ciclo noturno, já dá para compreender um pouco mais porque a posição em que você dorme pode influenciar no sono, não é mesmo?

A começar, claro, pelos roncos e risco de Apneia do Sono (uma condição em que a pessoa para de respirar durante a noite e é acordada pelo cérebro quando fica sem ar).

Quando dormimos de barriga para cima, há uma tendência maior para que os nossos músculos da garganta, da face e da língua relaxem e caiam sobre a traqueia, obstruindo a passagem do ar. É por isso que as pessoas que dormem de barriga para cima roncam mais! Quando a passagem do ar é obstruída, há mais chances de roncar e de Apneia.

Além disso, quando dormimos virados para a esquerda, há mais chances de termos pesadelos, enquanto quando dormimos virados para a direita as chances são de termos sonhos bons. Já dormir com a barriga para baixo ajuda a ter sonhos mais vívidos e cheios de detalhes. Tudo isso foi comprovado com pesquisas feitas por especialistas do sono.

Portanto, o ideal é tentar dormir em uma posição que seja confortável (esse é o ponto mais importante) e que ajude você a ter poucos estímulos e menos interrupções ao dormir. Caso você tenha a tendência a roncar, o ideal é não dormir de barriga para cima.

Agora que você já viu que a posição em que você dorme pode influenciar no sono, é hora de ter melhores hábitos durante a noite. As consequências da falta de cuidado com esse tipo de coisa podem ser muito graves, especialmente no longo prazo. O sono é um dos momentos mais importantes do nosso dia e, portanto, devemos garantir que ele seja o melhor possível para evitar doenças.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe-o no WhatsApp para que seus amigos também saibam dessas informações!

Veja Também:  Decoração: paisagistas falam sobre plantas em casa
Compartilhe

Warning: A non-numeric value encountered in /home/portalmaismidia/www/wp-content/themes/Newspaper_old/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009