Foto: Divulgação

Ana Beatriz Meira, de apenas 12 anos, já coleciona inúmeros título na ginastica rítmica e na baliza. Ela começou aos 6 anos na dança fazendo jazz e logo partiu para ginástica artística, onde sempre foi impulsionada e apoiada pela sua mãe, Maria Meira. Afinal, seu amor pelo esporte começou bem cedo. Dança e ginástica sempre estiveram lado a lado em sua infância  até os dia atuais.

E não para por ai, Ana Beatriz também começou a fazer capoeira. E foi com 8 anos que ela ganhou seu primeiro campeonato na baliza e de lá pra cá não parou mais. Além dos troféus na ginástica rítmica e na baliza, também já conquistou um campeonato no conjunto de arcos nos Jogos Regionais em 2017 e nesse mesmo evento ficou em segundo lugar na baliza em sua categoria, conquistando ainda a terceira colocação geral.

Ana Beatriz é mesmo uma menina muito focada e disciplinada. O sonho dela não poderia ser outro: chegar a uma Olimpíada e representar o Brasil. Suas maiores referências são as ginastas brasileira Angélica e a russa Rihanna. E na baliza a brasileira Ariadna. Apesar dos títulos na ginástica, é na baliza que Ana Beatriz vê seu maior potencial. E assim esperamos ver a ‘brasileirinha’, uma das promessas da ginástica do Brasil, representando o país e subindo o pódio com nossa bandeira.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Veja Também:  Crítica | Os Defensores
Compartilhe