Foto: Divulgação

A atriz e humorista, Letticia Munniz lança em seu canal no YouTube o Lelê + 11, programa de humor sobre futebol feminino feito por mulheres.

Com uma linguagem diferente dos formatos já existentes, o objetivo é mostrar como o machismo e a desigualdade de gênero afetam as atletas e a modalidade. Além de proporcionar mais visibilidade ao esporte, amplificar a voz – não só das jogadoras – mas também das mulheres que gostam de futebol.

“Percebi que nunca tinha ouvido falar da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Quanto mais lia e me aprofundava sobre as condições do futebol feminino no Brasil, mais sentia a necessidade de usar minha voz, – que já uso para lutar por igualdade de gênero – para amplificar esse assunto. Vi a oportunidade de criar um conteúdo audiovisual para que a gente lute por condições mais justas para as mulheres no esporte e que elas sejam reconhecidas pelo que fazem. A Copa feminina será transmitida em TV aberta 28 anos após sua primeira edição. A gente precisa falar sobre isso”, revela Letticia Munniz, idealizadora do projeto.

Veja Também:  Sabrina Sato entrou em trabalho de parto na tarde desta quarta-feira

Cristiane Rozeira, jogadora da seleção brasileira de futebol, maior artilheira da história dos Jogo Olímpicos, e uma das convidadas confirmadas do programa opina: “Ter um programa focado na nossa modalidade, por si só já é importantíssimo, ainda mais em ano de Copa do Mundo. O esporte terá mais visibilidade e com certeza agregará mais pessoas para assistir aos jogos. A forma leve e bem-humorada que a Letticia faz o conteúdo atrai mais o público, inclusive quem não está acostumado a consumir futebol, isso é relevante”.

Letticia já fala sobre futebol feminino nas redes sociais e tem também um projeto de voltado para mulheres de todas as idades, são jogos treinos gratuitos que acontecem aos sábados na cidade de São Paulo. “Criamos um local seguro para que todas as mulheres possam jogar futebol e, acima de tudo, se divertir”, finaliza.

 

Compartilhe