A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) anunciou na noite desta quarta, 23, que a Light, uma das maiores concessionárias de energia elétrica do Rio, vai patrocinar o Carnaval do Grupo Especial este ano. O aporte de R$ 14 milhões (R$ 1 milhão para cada escola)  . A expectativa é de que até a próxima sexta, 25, o contrato com a empresa seja assinado.

O presidente da liga, Jorge Castanheira, afirmou que a negociação prevê, além dos R$ 14 milhões, que a Light contribua com mais R$ 1 milhão para os ensaios técnicos, que ainda seguem sem definição sobre a possível realização durante o mês de fevereiro.

Por conta da limitação de tempo (faltam apenas cinco semanas para os desfiles), a estimativa da Liesa é que a programação de ensaios seja realizada em três domingos e dois sábados. A ideia inicial era que os treinos acontecessem apenas aos domingos e, talvez, no sábado anterior à festa. Porém, com a demora na viabilização, deve ser preciso reservar mais um sábado para que todas as agremiações possam ter vez na Avenida.

Veja Também:  Ex-BBB Tatiele Polyana ganha elogios em rede social

Dessa forma, as possíveis datas com atividade na Passarela do Samba em fevereiro seriam os dias: 10 (domingo); 16 e 17 (sábado e domingo); 23 e 24 (sábado e domingo). No último domingo já está confirmado, inclusive, o teste de luz e som com a Beija-Flor, campeã de 2018, e a tradicional lavagem do Sambódromo feita pelas baianas de diversas agremiações.

O número de escolas por dia de ensaio dependerá do roteiro estabelecido por cada uma para os treinos de quadra e de rua. Também está sendo considerado para formatação da agenda o horário de verão (não é possível começar com o dia claro, por exemplo). Com essa última limitação, deve ser estipulado o máximo de três escolas por dia.

Compartilhe