Foto: Ricardo Sakai

Ela foi a vice-campeã do concurso ‘Musa do Brasil 2017’ e estampou a revista Sexy de janeiro. Agora, concorrendo ao título de ‘Musa da Copa do Mundo 2018’ representando a seleção da Inglaterra, Luanda Fraga abriu o coração e falou sobre os tempos de vendedora em uma loja de multimarcas no Rio Grande do Sul, próximo aos estádios do Internacional e do Grêmio, que rendeu até um pedido de casamento.

“Eu não me achava uma mulher tão atraente assim, porém, o trabalho como vendedora me fez olhar no espelho e me sentir aquilo tudo que falavam que eu era. Os jogadores do Inter e do Grêmio só queriam comprar comigo, eu batia meta de vendas todo mês”, lembra aos risos. “Uma vez fui pedida em casamento por um deles, mas mesmo achando ele um homem bonito e simpático, recusei. Não deve ser nada fácil ser mulher de jogador, tem muita maria-chuteira disfarçada de princesa”, revelou.

Veja Também:  Musa do Brasileirão é assaltada em SP e detona: “essa cidade tem dono?!”

Solteira há mais de um ano, Luanda está focada na disputa pelo título de mais bela torcedora do mundial. Também está de olho na capa da revista Sexy. Afinal, as três primeiras colocadas no concurso estarão na publicação de julho.

“Se eu ganhar, será minha segunda capa. Quero fazer num estádio lotado antes de começar o jogo. Será inédito. Espero que as outras duas também queiram ousar para que seja uma capa histórica”, planeja a modelo.

Compartilhe