Muitos especialistas afirmavam que a depressão seria a doença do século 21. Não à toa, hoje quase 350 milhões de pessoas no mundo convivem com essa condição. Luciana Fontano, representante de São Paulo no concurso Musa do Brasil 2017, luta contra a depressão há pouco mais de um ano e contou, nos bastidores de um ensaio fotográfico, um pouco da sua experiência.

“Fui diagnosticada com depressão pouco depois do fim do meu casamento, quando procurei ajuda médica e fiquei internada por um mês. Meu ex-marido só me colocava para baixo, não me apoiava em nenhum dos meus projetos. Tudo que eu tentava fazer ou participar ele fazia questão de diminuir, me dizia que aquilo não levaria a nada, que eu não era capaz”, lembra a modelo.

Natural de Osasco, na grande São Paulo, a modelo e atleta fitness conta com vários ‘aliados’ nessa batalha para superar os dramas. “Faço terapia toda semana para ter uma vida ‘normal’. Depois, passei a me cercar de pessoas positivas que acreditavam em mim e me davam forças para buscar minha realização pessoal. O concurso vem me ajudando muito, mas pensei várias vezes em desistir de tudo”.

Veja Também:  Vini Dalpino: Influencer se dedica a criar conteúdo e direcionar material para a comunidade surda do país pela internet

Disposta a superar a depressão e faturar o título de Musa do Brasil 2017, Luciana está empenhada nos seus treinos e não abre mão da alimentação saudável. “Mas não vivo a ditadura fitness, privação demais não me ajuda em nada, meu estado de espírito é tão importante quanto meu shape”, pontuou a gata. “Não quero viver pelo meu corpo, hoje me sinto bem assim, olho no espelho e me vejo gostosa”, garante.

Compartilhe