A carnaval paulistano terá uma musa “importada” das terras gélidas da Suécia. É que a modelo e empresária Amanda Lofgren, que vive no país escandinavo desde 2005, acaba de confirmar sua presença na passarela do samba. Ela será destaque de chão da Pérola Negra e virá à frente do terceiro carro da agremiação.

“Eu sempre amei o carnaval e não consegui ficar longe da folia, mesmo morando em um país onde o frio supera qualquer expectativa. Sambar abaixo de zero é um grande desafio!”, garante a musa, que enfrenta temperaturas abaixo de zero nas suas apresentações. A temperatura máxima diária, em média no país durante o mês de fevereiro é abaixo de 4 graus, segundo site weatherspark.com.

Amanda, que já desfilou pela Beija Flor, Mangueira e Portela, todas do Rio de Janeiro, foi eleita a Rainha do carnaval da Suécia e desde 2007 desfila na parada local, que leva para as ruas o gingado brasileiro. A morena vai fazer sua estreia no carnaval de São Paulo em 2020: “Estou muito empolgada com esse desafio. Será um prazer representar as cores da Pérola Negra na passarela do samba.”, disse empolgada.

Sobre a fantasia, a musa escandinava guarda segredo. “Está sendo preparada com todo o carinho e capricho, posso garantir que será bem luxuosa e ousada. A temperatura vai subir quando eu passar na avenida!”, disse aos risos.

 

Veja Também:  Conheça o “Clube do Velho Nerd”: canal no youtube com reviews de jogos, críticas de séries e tudo ligado ao universo nerd

A Pérola Negra mostrará no sambódromo do Anhembi o enredo “Bartali Tcherain. A Estrela Cigana Brilha na Pérola Negra”, que homenageará o povo cigano e será a primeira escola a desfilar no sábado, dia 22.

 

Compartilhe