Quem vê Skarllet Rosendo, a representante de Goiás no concurso Musa do Brasil 2016, exibir suas curvas e o shape em forma num editorial de moda, não imagina a barra que a modelo de apenas 21 anos passou na adolescência, antes mesmo de iniciar sua carreira artística. Criada pelos avós, aos 12 anos elas viveu como integrante do MST (Movimento do Trabalhadores Rurais Sem Terra).

“Olho pra trás e tenho orgulho da minha história e da minha criação. Morei num acampamento por quase dois anos. A situação era bem precária. O banho era num córrego, e a água era fria, claro. Não havia cama, eu dormia no chão batido. A comida era improvisada, tudo feito na fogueira”, lembra. “Participei de manifestações, mas infelizmente o pedaço de terra para a minha família nunca chegou”.

Apesar da triste fase, Skarllet garante que aprendeu muito nessa fase da vida. Garante que tornou-se mais humilde e passou a dar valor às coisas mais simples. “Levo tudo como experiência. Apesar da pouca idade, viver no improviso e sem dinheiro me fez uma pessoa melhor. Além disso, ganhei gás para buscar novos rumos e desafios”, conta.

Veja Também:  Pepê, da dupla Pepê e Neném, faz seu primeiro ensaio sensual esbanjando beleza aos 43 anos de idade

Agora como modelo e Musa de Góias, Skarllet vai apostar no seu carisma e jeito simples de ser para desbancar suas 26 concorrentes e conquistar os jurados. “Acredito no meu potencial e vencer mais essa disputa me coloca como uma vencedora, que deixou um passado difícil para trás e hoje vive realizada, inclusive profissionalmente. Esse título vai coroar minha história de superação”.

Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Compartilhe