O relator Moreira da Silva, da 13ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), concedeu o habeas corpus para revogar a prisão da modelo Vanessa Alcântara, que ganhou destaque ao desfilar no carnaval paulista. Com isso, ela terá o direito de apelar em liberdade. Vanessa é acusada de agredir uma escrivã de polícia em Valinhos, no interior de São Paulo.

O advogado da modelo, Evandro Campoi, comemorou a decisão e informou que o alvará de soltura já foi expedido. “A decisão não poderia ser diferente. A Justiça não falha. Vanessa ficou presa injustamente por quase quatro meses. A qualquer momento a unidade prisional pode receber o documento e proceder à soltura. A família e os amigos se emocionaram ao saber da notícia”, conta.

Veja Também:  Gil Jung exibe bumbum perfeito em foto de biquíni

Detida em abril, Vanessa Alcântara foi condenada recentemente em primeira instância a quatro anos de reclusão em regime semiaberto. De acordo com a decisão, ela não teria o direito de recorrer em liberdade. Agora, com a decisão do TJSP, a modelo poderá voltar às suas atividades, comprometendo-se a participar de todas as audiências do caso.

Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia
Foto: Eduardo Graboski / Mais Mídia